AS VISÕES QUE ANUNCIAM UM TIRTHANKARA, NO JAINISMO

logo 3

Entre os tesouros da simbologia Jainista, destacam-se, sem dúvida, as visões que anunciam o nascimento de um vitorioso, ou seja, de um jina, de um Tirthankara; um conceito semelhante, em parte, ao do avatara do hinduísmo. Os Tirthankaras são, na religião Jainista, aqueles que criam passagens no fluxo do karma, no samsara ou rio de ilusões estéreis, a fim de alcançar a “outra margem” ou libertação.

Dos quadrinhos Mahavira, de Anant Pai. Archive.org. Mahavira-comic, página 3.

É difícil saber por que estas são as visões ou símbolos que os precedem e o seu significado profundo.  Porque aparecem nesta ordem ou porque em um determinado número, 14 em algumas versões, 14 e 16 noutras. O “touro branco” refere-se ao veículo de Shiva, ou seja, Nandi. O elefante branco, ao de Indra, Airavati; também aparece a deusa do amor, Lakshmi, ou o oceano, que é a própria essência do deus Varuna.

De qualquer forma, mesmo quando não há compreensão, a beleza tenta com uma verdade oculta e chama a alma para si. Deixemo-nos embalar com a descrição[1] destas visões tal como estão escritas nos textos desta filosofia religiosa do ascetismo e da não-violência (ahimsa).

Ídolo do 24º Tirthankar, Senhor Mahavira no templo Jain em seu local de nascimento, Kshatriyakund em Bihar

“A rainha Trishala, mãe do Lorde Mahavir, à meia-noite teve catorze sonhos bonitos e auspiciosos após a conceção.

Eles eram:

  1. Elefante
  2. Touro
  3. Leão
  4. Deusa Lakshmi
  5. Grinalda de Flores
  6. Lua Cheia
  7. Sol
  8. Bandeira Grande
  9. Urna Prateada
  10. Lago do Lótus
  11. Mar Leitoso
  12. Avião Celestial
  13. Monte de Pedras Preciosas
  14. Fogo Sem Fumaça
  1. Elefante

———–

O primeiro sonho que a Rainha Trishala teve foi o de um elefante. Ela viu um elefante grande, alto e impetuoso. Tinha dois pares de presas. A cor do elefante era branca e a sua brancura era superior à cor do mármore. Era um elefante auspicioso e era dotado de todas as marcas desejáveis da excelência.

Este sonho indica que o seu filho vai guiar a carruagem espiritual e salvar seres humanos da miséria, ganância e atração da vida.

  • Touro

——-

O segundo sonho que a Rainha Trishala teve foi o de um touro. A cor do touro também era branca, mas era mais brilhante do que os lótus brancos. Brilhava de beleza e irradiava uma luz ao seu redor. Era nobre, grandioso e tinha um dorso majestoso. Tinha pelos finos, brilhantes e macios no seu corpo. Os seus chifres eram soberbos e pontiagudos.

Este sonho indica que o seu filho será um professor espiritual de grandes ascetas, reis e outras grandes personalidades.

  • Leão

——–

O terceiro sonho que a Rainha Trishala teve foi o de um magnífico leão. As suas garras eram bonitas e bem posicionadas. O leão tinha uma grande cabeça, bem arredondada, e dentes extremamente afiados. Os seus lábios eram perfeitos, a sua cor era vermelha e os seus olhos eram afiados e brilhantes. A sua cauda era impressionantemente longa e bem feita. A Rainha Trishala viu este leão descendo na sua direção e entrando na sua boca.

Este sonho indica que o seu filho será tão poderoso e forte como um leão. Ele será destemido, todo-poderoso e capaz de governar sobre o mundo.

  • Deusa Lakshmi

—————-

O quarto sonho que a Rainha Trishala teve foi com a Deusa Lakshmi, a Deusa da fortuna, prosperidade e poder. Ela estava sentada no topo da montanha Himalaia. Os seus pés tinham um brilho de tartaruga dourada. Ela tinha dedos delicados e macios. O seu cabelo preto era minúsculo, macio e delicado. Ela usava fileiras de pérolas entrelaçadas com esmeraldas e uma grinalda de ouro. Um par de brincos pendurado sobre os ombros com beleza deslumbrante. Ela segurava um par de lótus brilhantes.

Este sonho indica que o seu filho alcançará uma grande fortuna, poder, prosperidade.

  • Grinalda de Flores

———————

O quinto sonho que a Rainha Trishala teve foi o de uma grinalda celeste de flores que descia do céu. Ela cheirava a fragrâncias mistas de diferentes flores. Todo o universo estava cheio de fragrâncias. As flores eram brancas e tecidas na grinalda. Elas floresciam durante todas as diferentes estações. Um enxame de abelhas reunia-se e fazia um zumbido ao redor da região.

Este sonho indica que a fragrância da pregação do seu filho se espalhará por todo o universo.

  • Lua Cheia

————

O sexto sonho que a Rainha Trishala teve foi o da lua cheia. Ela apresentou uma visão auspiciosa. A lua estava em plena glória. Despertava os lírios a florescer completamente. Era brilhante como um espelho bem polido. A lua irradiava brancura como um cisne.  Inspirava os oceanos a subirem aos céus. A bela lua parecia uma marca de beleza radiante no céu.

Este sonho indica que o seu filho terá uma grande estrutura física e será agradável a todos os seres vivos do universo.

  • Sol

——

O sétimo sonho que a Rainha Trishala teve foi o do enorme disco de sol. O sol brilhava e destruía a escuridão. Era vermelho como a chama da floresta. Os lótus floresciam ao seu toque. O sol é a lâmpada do céu e do senhor dos planetas. O sol nascia e punha fim às atividades malignas das criaturas que prosperavam à noite.

Este sonho indica que o ensino do seu filho destruirá raiva, ganância, ego, luxúria, orgulho, etc. da vida das pessoas.

  • Bandeira Grande

————-

O oitavo sonho que a Rainha Trishala teve foi com uma bandeira muito grande que se agitava num mastro dourado. A bandeira esvoaçava suave e auspiciosamente numa brisa suave. Atraia os olhos de todos. Penas de pavão decoravam a sua coroa. Um leão branco radiante nela estava.

Este sonho indica que o seu filho será grandioso, nobre e um respeitado líder da família.

  • Urna prateada

————-

O nono sonho que a Rainha Trishala teve foi com uma urna de prata (kalash) cheia de água cristalina. Era um pote magnífico, bonito e brilhante. Brilhava como o ouro e presenciá-lo era uma alegria. Estava enfeitado com cordas de lótus e outras flores. O pote era santo e intocado por qualquer coisa pecaminosa.

Este sonho indica que o seu filho será perfeito em todas as virtudes.

  1. Lago de Lótus

————–

O décimo sonho que a Rainha Trishala teve foi com um lago de lótus (padma-sagar). Milhares de lótus flutuavam no lago que se abriam ao toque dos raios do sol. Os lótus exalavam uma doce fragrância. Havia cardumes de peixes no lago. A sua água brilhava como as chamas do fogo. As folhas de lírio flutuavam na água.

Este sonho indica que o seu filho ajudará a libertar os seres humanos que estão aprisionados no ciclo de nascimento, morte e miséria.

  1. Mar leitoso

————-

O décimo primeiro sonho que a Rainha Trishala teve foi com um mar leitoso. As suas águas expandiam-se em todas as direções, subindo a grandes alturas com movimentos turbulentos. Os ventos sopravam e criavam ondas. Uma grande comoção era criada no mar por enormes animais marinhos. Grandes rios caíam no mar, produzindo enormes redemoinhos.

Este sonho indica que o seu filho vai navegar pela vida num oceano de nascimento, morte e miséria, liderando à Moksha ou libertação.

  1. Avião Celestial

————————

O décimo segundo sonho que a Rainha Trishala teve foi com um avião celeste. O avião tinha oito mil magníficos pilares de ouro cravejados de gemas. O avião estava envolvido por folhas de ouro e grinaldas de pérolas. Era decorado com fileiras de murais representando touros, cavalos, homens, crocodilos, pássaros, crianças, veados, elefantes, animais selvagens e flores de lótus. O avião ressoava com música celestial. Estava saturado com um aroma intoxicante de fumos de incenso. Era iluminado com uma luz prateada brilhante.

Este sonho indica que todos os Deuses e Deusas no céu respeitarão e saudarão o seu ensinamento espiritual e o obedecerão.

  1. Monte de Pedras Preciosas

—————-

O décimo terceiro sonho que a Rainha Trishala teve foi com um grande monte de pedras preciosas, tão alto como o Monte Meru. Havia joias e pedras preciosas de todos os tipos. Essas pedras estavam empilhadas sobre a terra e iluminavam todo o céu.

Este sonho indica que o seu filho terá virtudes e sabedoria infinitas.

  1. Fogo Sem Fumaça

——————-

O décimo quarto sonho que a Rainha Trishala teve foi com um fogo sem fumo. O fogo ardia com grande intensidade e emitia um brilho radiante. Grandes quantidades de manteiga e de mel puros eram derramados no Fogo. Ele ardia com inúmeras chamas.

Este sonho indica que a sabedoria de seu filho vai superar a sabedoria de todas as outras pessoas grandiosas.

Depois de ter catorze sonhos maravilhosos, a Rainha Trishala acordou. Os seus sonhos encheram-na de admiração. Ela nunca tinha tido tais sonhos antes. Ela narrou os seus sonhos ao Rei Siddharth.

O Rei chamou os adivinhos para a interpretação dos sonhos e eles disseram unanimemente: “Senhor, sua Alteza será abençoada com um nobre filho. O sonho augura o vasto reino espiritual que a criança deve comandar. Sua Alteza tornar-se-á a Mãe Universal.”

Relevo de mármore no templo Ranakpur Jain. Creative Commons Attribution-ShareAlike.

Após nove meses e catorze dias, a Rainha Trishala entregou um menino. O menino foi nomeado Vardhaman, que significava eternamente crescente.

Imediatamente após o nascimento do príncipe Vardhaman, Indra, o Rei do Céu, chegou com outros deuses e deusas. Ele hipnotizou toda a cidade, incluindo a mãe Trishala e o Rei Siddharth.

Ele levou o bebé Vardhaman ao Monte Meru e deu-lhe banho. Proclamou paz e harmonia recitando Bruhat Shanti durante a primeira cerimónia de banho do recém-nascido Tirthankara.

Após a renúncia e realização do Autoconhecimento Absoluto, o Príncipe Vardhaman tornou-se no Senhor Mahavir, o vigésimo quarto e último Tirthankara da religião Jainista.”


[1] Extraído do archive. org, compilado por Pravin K. Shah, Jain Centro de Estudo da Carolina do Norte.

Deixe uma resposta